quarta-feira, 15 de maio de 2013

Resenha - O Guardião (Nicholas Sparks)


Eu não tenho o costume de fazer resenhas de livros de romance, porém quando procurei me atualizar com os livros mais lidos atualmente eu me impressionei ao saber que esse é o maior sucesso de venda de Nicholas Sparks no brasil neste mês de Maio.

O Guardião (The Guardian) foi publicado em 2003 e apenas 10 anos depois está fazendo todo esse sucesso, mas a verdade por de trás de O Guardião é que na verdade ele já foi publicado no Brasil em 2003 com o nome de Laços que Perduram. Na época o livro não teve grande aceitação do publico mas, de lá para 2013 o nome de Nicholas Sparks teve um impulso ainda maior devido as adaptação ao cinema de um de seus livros.

Querido John foi lançado em 2007 e recebeu uma adaptação ao cinema 3 anos depois estrelado por Channing Tatum e Amanda Seyfried. O filme foi um grande sucesso e o livro é um dos mais vendido de Nicholas até então. O que muitos não sabem é que ainda antes de 2003 Nicholas Sparks teve outros dois romances adaptados para o cinema e que na minha humilde opinião foram melhores filmes que o sucesso de bilheteria Querido John. Esses filmes foram "Uma carta de amor" estrelado por ninguem menos que Kevin Costner e "Um Amor para Recordar" que se tornou um dos mais belos romances da história do cinema, comparado apenas a "Amor Sem Fim" (Endless Love) de 1981.


Sem  mais delongas, falemos sobre O Guardião.




Sinopse

Quarenta dias após a morte de seu marido, Julie Barenson recebe uma encomenda deixada por ele. Dentro da caixa, encontra um filhote de cachorro dinamarquês e um bilhete no qual Jim promete que sempre cuidará dela.

Quatro anos mais tarde, Julie já não pode depender apenas da companhia do fiel Singer, o filhotinho que se tornou um cachorro enorme e estabanado.

Depois de tanto sofrimento, ela enfim está pronta para voltar a amar, mas seus primeiros encontros não são nada promissores. Até que surge Richard Franklin, um belo e sofisticado engenheiro que a trata como uma rainha.

Julie está animada como havia muito tempo não se sentia, mas, por alguma razão, não consegue compartilhar isso com Mike Harris, seu melhor amigo. Ele, por sua vez, é incapaz de esconder o ciúme que sente dela.

Quando percebe que seu desconforto diante de Mike é causado por um sentimento mais forte que amizade, Julie se vê dividida entre esses dois homens. Ela tem que tomar uma decisão. Só não pode imaginar que, em vez de lhe trazer felicidade, essa escolha colocará sua vida em perigo.

O guardião contém tudo o que os leitores esperam de um romance de Nicholas Sparks, mas desta vez ele se reinventa e acrescenta um novo ingrediente à trama: páginas e mais páginas de muito suspense.


Sobre o Livro

Esse poderia ser mais um livro do Nicholas Sparks, mas não é. Eu não sou o maior fã do autor mas sei que ele tem quedas por livros com finais trágicos ou matar seus personagens, porém com "O Guardião" ele deu um toque diferente e que nos envolve demais na trama: o suspense/thriller, que é o ingrediente que me fascina demais nos livros.

O começo da história mostra a vida difícil que Julie teve, principalmente depois da morte de seu marido, Jim. Ele deixa encomendado um filhote de cachorro para ela e que só é entregue depois de sua morte, tornando Singer seu maior companheiro. Singer é um cão especial, já que ele é seu protetor e amigo.

Depois de alguns anos após a morte de Jim, Julie com então 29 anos começa a voltar a ter encontros amorosos novamente, mas nenhum lhe chamou a atenção em especial até que aparece Richard, um engenheiro lindo, charmoso e que a trata super bem. Julie sai algumas vezes com Richard e até sente uma afinidade porque tiveram uma vida parecida, mas isso é o que ela pensa.

Porém, Mike, o melhor amigo de Jim com 34 anos, é apaixonado por ela já a algum tempo e ela começa a se sentir atraída por ele porque Mike esteve do seu lado e a apoiou sempre que precisou. Mike é um fofo, tímido e que demora muito tempo para se declarar. As cenas entre eles são super lindas e eles vão descobrir que a amizade entre ambos se transformou em amor e viverão felizes para sempre, será? rs

Não é tão fácil assim porque Richard é um psicopata!!!!!!! Ele começa a perseguir Julie em todos os locais e ela fica apavorada (até eu ficaria, em muitos momentos do livro eu fiquei com o coração na mão). Ele não se conforma que Julie o rejeitou e a quer de qualquer jeito, não importando as consequências.

O autor caprichou no thriller, me surpreendeu muito. No decorrer da história entra em ação a policial Jennifer que fará toda a diferença na investigação porque até então a polícia não tinha feito nada para ajudá-los. O Richard é um louco e depois vamos descobrindo mais sobre o seu passado e as coisas que ele já foi capaz de fazer, o que dá razão ao ditado: as aparências enganam.

O livro é narrado em terceira pessoa e flui super bem. Do meio para o fim do livro é dificil parar de ler porque se torna bem envolvente e intenso. A trama é super bem bolada e as cenas finais são de tirar o fôlego como um bom thriller deve ser. Fiquei impressionado com esse lado do Nicholas, pois senti diferentes emoções em um único livro. Tomara que ele continue escrevendo mais livros nesse estilo.

Um comentário:

  1. Adorei sua resenha sobre o livro, eu estou o lendo, e estou adorando, entre "Diario de uma paixão" e "O guardião" sem dúvidas eu escolho O guardião, o livro é super envolvente, e você nunca sente a necessidade de parar de ler.Adorei!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...